Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

É Desporto

A pedagogia do último lugar de Germán Madrazo nos Jogos Olímpicos

madrazo.jpeg

Os Jogos Olímpicos promovem cada vez mais a inclusão de novos países mas neste caso acabaram por ter um exemplo de uma inclusão ainda mais importante. Germán Madrazo e os Fantásticos Cinco são heróis por terem ajudado a mostrar que o desporto é de todos e deve ser para todos, sem fronteiras nem espaço para a estigmatização do último. E que a vitória de uns não tem de ser a mesma que a vitória de outros.  

Germán Madrazo. A festa dos últimos que personifica o espírito olímpico

madrazo.jpg

Mexicano aprendeu a esquiar com 42 anos e chegou a PyeongChang-2018 com 43. Foi o último por larga margem, nos 15 km de cross-country mas acabou como maior protagonista do melhor exemplo de espírito olímpico. À chegada, tinha à sua espera os últimos quatro a chegar e acabou levado em ombros.