Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

É Desporto

Iker Casillas. Um nome gravado a ouro na UEFA

casillas111.jpg

Espanhol defrontou o Besiktas pelo FC Porto e chegou aos 174 jogos nas competições europeias. Os 173 de Xavi ficaram para trás e é agora o único recordista de participações em encontros de provas de clubes organizadas pela UEFA. Esta é a sua história: o primeiro capítulo foi em Atenas-1999 mas dois anos antes houve um prólogo muito especial... 

O dia em que um árbitro uruguaio perdoou a Argentina... para a castigar ainda mais

1042116_full-lnd.jpg

Há 24 anos a Colômbia deu uma das lições de futebol mais memoráveis deste desporto, com Valderrama, Asprilla, Córdoba e Rincón em destaque. Com as almas incendiadas pelas palavras de Diego Maradona, os cafeteros golearam os argentinos no Monumental, em Buenos Aires, rumo ao Mundial-1994. Cinco, zero. O árbitro uruguaio até perdoou um vermelho direto a Simeone para a humilhação ser ainda maior. 

Mark Chapman. O jogador que foi preso por fazer uma falta

chapman1.png

A liga era amadora e o britânico do Long Lawford estava farto de ouvir as queixas dos colegas de equipa. O jogo estava quase a acabar mas só terminou depois de Chapman (à direita) partir a perna de Terry Johnson (à esquerda) em dois sítios diferentes. O juiz condenou-o a seis meses de prisão. 

Albert Gudmundsson. O Arsenal, o Milan e… o ministério das Finanças

gudmindsson.jpg

Islandês foi o primeiro futebolista profissional a sair da ilha e a jogar nos principais campeonatos europeus, ainda na década de 40. Quando regressou, enveredou por uma carreira política, foi ministro das Finanças, da Indústria e candidatou-se à presidência. O legado é impressionante: o filho, a neta e o bisneto também chegaram à seleção. 

Alex Villaplane. O capitão de França que ajudava Hitler e acabou condenado à morte

villa1.jpg

Em julho de 1930 entrou na história como o primeiro capitão da seleção francesa na fase final de um Mundial (primeiro jogador em cima à direita). Mas Alex Villaplane não é recordado como um herói: vivendo uma vida de vigarista, acabou a torturar e matar em nome de Hitler. A 26 de dezembro de 1944, foi executado por um membro da Resistência Francesa depois de ser julgado e condenado à morte em tribunal.