Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

É Desporto

Albert Gudmundsson. O Arsenal, o Milan e… o ministério das Finanças

gudmindsson.jpg

Islandês foi o primeiro futebolista profissional a sair da ilha e a jogar nos principais campeonatos europeus, ainda na década de 40. Quando regressou, enveredou por uma carreira política, foi ministro das Finanças, da Indústria e candidatou-se à presidência. O legado é impressionante: o filho, a neta e o bisneto também chegaram à seleção. 

Alex Villaplane. O capitão de França que ajudava Hitler e acabou condenado à morte

villa1.jpg

Em julho de 1930 entrou na história como o primeiro capitão da seleção francesa na fase final de um Mundial (primeiro jogador em cima à direita). Mas Alex Villaplane não é recordado como um herói: vivendo uma vida de vigarista, acabou a torturar e matar em nome de Hitler. A 26 de dezembro de 1944, foi executado por um membro da Resistência Francesa depois de ser julgado e condenado à morte em tribunal. 

Tavriya Simferopol. O primeiro campeão ucraniano da era moderna

tavriya.jpg

Um treinador marcado por uma vida de tragédia, um herói com nome de goleador e uma história manchada pela guerra. Esta é a história do Tavriya Simferopol, o primeiro campeão ucraniano da era moderna, que levou a melhor sobre a maior potência futebolística de toda a União Soviética: o Dínamo Kiev. 

«Eu é que sou o verdadeiro Steaua Bucareste»

steaua1.jpg

Conflito entre Gigi Becali e o Ministério da Defesa Nacional fez com que a equipa da primeira divisão mudasse de nome (FCSB) e o exército decidisse refundar o Steaua. Marius Lacatus é o diretor e formou uma equipa de jovens entre os 17 e 22 anos que começou a treinar na semana passada. Com salários a rondar os 200 euros, o objetivo é chegar ao principal escalão em 2020.