Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

É Desporto

Power rankings: setembro

chaves.jpg

Benfica de Rui Vitória conseguiu resistir à onda de lesões e entra no mês da "reabertura de mercado" na liderança e depois de um mês só com triunfos a nível interno. Na cauda, Moreirense e Boavista tiveram um mês para esquecer e Tondela não aproveitou empate com FC Porto.

 

Edição de estreia

 

O que são power rankings? Podem consultar exemplos aqui e aqui. Os resultados são tidos em conta, obviamente, mas é mais do que isso. Mais do que a época inteira, importa também o momento estudado (neste caso mensal), a forma em que a equipa está e a qualidade dos adversários defrontados, bem como as perspetivas para o futuro.

 

Não é uma classificação real. Não é uma proposta de classificação alternativa. É um exercício como qualquer outro de estudo de sensações de como está cada equipa em campo. A Liga Portuguesa é o principal ponto de estudo, mas os resultados nas outras competições nacionais e europeias também são avaliados.

 

Setembro

 

1. Benfica

  • 1.º na Liga Portuguesa com 16 pontos
  • V-E-V-V-D em setembro

Onda de lesões foi preocupante mas as três vitórias nas três jornadas da Liga permitiram à equipa de Rui Vitória subir à liderança do campeonato, em troca com o Sporting. Outubro é mês de regressos e águias têm razões para estar confiantes. Resta saber se a fatura do mau arranque na Liga dos Campeões pode deixar marcas. 

 

2. Sporting

  • 2.º na Liga Portuguesa com 15 pontos
  • V-D-D-V-V em setembro

Aos 87 minutos do jogo no Santiago Bernabéu, tudo era maravilhoso. Só com vitórias no campeonato e à beira de chocar a Europa do futebol com um triunfo frente ao Real Madrid. Dias depois, a humilhante derrota em Vila do Conde foi um tiro no porta-aviões. Mas os leões souberam reagir e terminaram o mês com duas vitórias. Bas Dost está a fazer esquecer Slimani mas Campbell e Markovic ainda não estão no ponto.

 

3. FC Porto

  • 3.º na Liga Portuguesa com 13 pontos
  • V-E-E-V-D em setembro

Nuno Espírito Santo continua a fazer testes e a qualidade do futebol praticado ressente-se disso. O empate em Tondela - um dos dois pontos conquistados pela equipa de Petit - foi um mau sinal e a Liga dos Campeões também não está a correr bem, apesar de continuar tudo ao alcance. Mais do que os resultados, é mesmo a falta de entrosamento que preocupa. Há talento suficiente mas Nuno ainda não o conseguiu potenciar.

 

4. Sp. Braga

  • 4.º na Liga Portuguesa com 13 pontos
  • V-E-D-V-D em setembro

A derrota na Liga chegou na Luz, aos pés do Benfica. Não é sinal suficientemente preocupantes mas, como nos casos de Benfica e FC Porto, também o arranque na UEFA podia ter sido melhor. Verdade seja dita, excetuando o empate com o Gent em casa, José Peseiro não está a perder pontos inesperados. Será suficiente para lutar pelo pódio?

 

5. Rio Ave

  • 6.º na Liga Portuguesa com 10 pontos
  • V-V-D em setembro

A equipa de Capucho provocou a primeira verdadeira onda de choque no campeonato, após a vitória indiscutível sobre o Sporting em Vila do Conde (3-1). Por outro lado, apesar dos avisos do técnico, não conseguiu capitalizar esse triunfo e perdeu na Mata Real na jornada seguinte. Já sem Europa, a luta pelo top-5 parece bem encaminhada.

 

6. P. Ferreira

  • 10.º na Liga Portuguesa com 8 pontos
  • E-V-V em setembro

Sete dos oito pontos conquistados foram em setembro. Com duas vitórias consecutivas, os castores galgaram lugares e respiram maior tranquilidade. É a consequência natural de um calendário que já incluiu a receção ao Sporting e a deslocação a Guimarães.

 

7. V. Guimarães

  • 5.º na Liga Portuguesa com 10 pontos
  • D-E-V em setembro

Não foi o mês mais genial para a equipa orientada por Pedro Martins, mas há atenuantes. A derrota no Dragão foi pesada (0-3) mas já teria sido esquecida se os conquistadores vencessem o Belenenses em casa (1-1). Com o Sporting à espreita na próxima jornada, há um destaque que salta à vista: Marega é o melhor marcador do campeonato, com cinco golos.

 

8. Desp. Chaves

  • 8.º na Liga Portuguesa com 9 pontos
  • V-E-V-D em setembro

Jorge Simão orienta os flavienses no regresso da equipa à elite e esteve cinco jogos sem perder. Quando isso acontece, em casa frente ao tricampeão, não se pode dizer que não tenha dado boa réplica, especialmente na primeira parte. A equipa tem qualidade e Jorge Simão é muito organizado mas não é expectável que a média de pontos se mantenha assim. Por isso, enquanto for possível, todos os pontos são bem-vindos.

 

9. Belenenses

  • 7.º na Liga Portuguesa com 9 pontos
  • V-E-E em setembro

Azuis do Restelo já não perdem desde a primeira jornada mas, tirando a visita a Guimarães (1-1), o calendário não foi mau. Julio Velázquez mantém o seu cunho pessoal na equipa e resta saber se estará mais bem preparado para fazer frente aos grandes: o primeiro é já o Benfica, em outubro, num calendário sem facilidades até dezembro.

 

10. Nacional

  • 12.º na Liga Portuguesa com 6 pontos
  • D-D-V-V em setembro

Manuel Machado começou a época com quatro derrotas em quatro jogos (dois deles em setembro). Subitamente, a equipa parece ter dado a volta por cima e venceu o dérbi da Madeira na Choupana (2-0) e foi a Santa Maria da Feira ganhar por 3-0. Há menos nevoeiro no horizonte.

 

11. Feirense

  • 9.º na Liga Portuguesa com 9 pontos
  • V-V-D em setembro

A luta de José Mota será sempre pela manutenção e pela vontade de fazer o máximo de pontos entre as equipas do mesmo campeonato. A derrota sem espinhas em casa com o Nacional não pode ter caído bem, mas para já há conforto na Feira. O problema é que os tubarões estão a chegar, com o Benfica já neste fim de semana.

 

12. Estoril

  • 17.º na Liga Portuguesa com 4 pontos
  • E-V-D em setembro

Os adeptos do Estoril já não estavam habituados a uma fase tão má. Com três derrotas a abrir, os primeiros sinais de alarme soaram, mas Fabiano Soares soube reagir e os canarinhos foram empatar à Mata Real e derrotaram o Moreirense em casa. A derrota em Alvalade acaba por ser um mal menor.

 

13. Marítimo

  • 13.º na Liga Portuguesa com 6 pontos
  • D-D-V em setembro

Paulo César Gusmão tem sido um treinador a prazo por todos os clubes por onde passou e deixou a Madeira depois de quatro derrotas em cinco jornadas e do choradinho por não ser reconhecido da mesma forma enquanto técnico. Os tempos de Paulo Autuori, Abel Braga e Marinho Peres fazem parte do passado e a chicotada psicológica surtiu efeito, com Daniel Ramos a vencer na estreia. 

 

14. Arouca

  • 16.º na Liga Portuguesa com 4 pontos
  • D-D-E em setembro

Está longe de ser o arranque de campeonato que Lito Vidigal esperava depois do quinto lugar em 2016. O fenómeno não é novo e os arouquenses podem estar a pagar a fatura europeia de agosto. A tendência natural é para recuperar e conseguir um campeonato tranquilo. Na Europa novamente? Não vai ser fácil.

 

15. V. Setúbal

  • 11.º na Liga Portuguesa com 8 pontos
  • E-D-D em setembro

Há bons inícios que podem desabar como um castelo de cartas. Depois de oito pontos nos primeiros quatro jogos, os sadinos estão com duas derrotas consecutivas, uma delas uma goleada caseira frente ao Paços (1-4). Não é o suficiente para fazer soar o alerta mas José Couceiro tem de se concentrar mais no campo e menos na câmara. O discurso dos fantasmas já é conhecido dos tempos do Alverca e não o levou longe.

 

16. Boavista

  • 14.º na Liga Portuguesa com 5 pontos
  • D-D-D em setembro

O que é mais importante? Pontuar ou jogar bom futebol? Neste momento, o Boavista não consegue nem um nem outro e ainda só venceu na primeira jornada, a 14 de agosto. As derrotas em Braga e no Dragão fazem parte do esperado mas perder em casa, com o Feirense, não foi positivo. A receção ao Moreirense já a seguir pede os três pontos.

 

17. Moreirense

  • 15.º na Liga Portuguesa com 4 pontos
  • D-D-D em setembro

Pepa é um dos treinadores-prodígio dos últimos tempos mas um mês só com derrotas nunca é bom, mesmo que se defronte Sporting e V. Guimarães nesse período. Pode ter sido apenas uma má fase mas quanto mais cedo a equipa voltar aos pontos, de forma sustentada, melhor. 

 

18. Tondela

  • 18.º na Liga Portuguesa com 2 pontos
  • D-E-D em setembro

Quanto vale um empate com o FC Porto? Quanto vale um empate com este FC Porto? O balão de motivação que possa ter surgida esvaziou e no final valeu apenas um ponto. Um aviso: recuperações como a do ano passado não se conseguem sempre. É melhor não continuar a ficar para trás. Lado positivo? Além do FC Porto, também já defrontaram o Benfica. 

 

RPS