Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

É Desporto

Marquise Goodwin. O atleta olímpico que entrou na história dos Buffalo Bills

goodwin.jpg

Norte-americano esteve no salto em comprimento em Londres-2012 mas não se conseguiu apurar para o Rio de Janeiro. Na NFL desde 2013, o wide receiver fez um touchdown de 84 jardas contra os New York Jets e entrou na história da sua equipa.

 

Um texano multifacetado

 

Quando Marquise Goodwin foi escolhido na terceira ronda do draft de 2013 pelos Buffalo Bills, já era atleta olímpico. Um ano antes, em Londres, tinha alcançado a final do salto em comprimento, terminando a prova no décimo lugar com um salto de 7,80 metros. Foi uma desilusão, especialmente depois de ter feito 8,11 durante a qualificação.

 

Com um recorde pessoal de 8,45 metros (máximo português, de Carlos Calado, é 8,36), Marquise começou a relegar o atletismo para segundo plano para se concentrar na NFL.

 

Na primeira época, participou em 12 jogos e conseguiu três touchdowns mas perdeu influência nas temporadas seguintes. Agora, em 2016, os Jogos Olímpicos voltaram a entrar na equação. No entanto, nas habituais qualificações dos Estados Unidos, o atleta não conseguiu ficar entre os primeiros e teve de se conformar a fazer a pré-época com os Bills.

 

Melhor momento da carreira

 

O “fracasso” compensou. Esta madrugada, no segundo jogo da época, Marquise Goodwin fez história ao correr 84 jardas para o touchdown de passe mais longo da história dos jogos dos Buffalo Bills em casa. Para um jornalista norte-americano, Goodwin poderia nem sequer ter conseguido um lugar na equipa se tivesse ido ao Rio de Janeiro.

O festejo foi a condizer com os talentos naturais de Goodwin.

 

O que torna tudo ainda mais impressionante? Quem o estava a marcar era Darrelle Revis, um dos cornerbacks com mais prestígio na NFL. No final, quando questionado sobre se sabia que estava a marcar um atleta olímpico, que além de saltador também é velocista, a resposta foi contundente: «Não faço ideia mas acredito.»

 

Apesar de tudo, Marquise Goodwin não conseguiu ajudar os Bills a vencerem o encontro (31-37). Aliás, o wide receiver nem sequer terminou o encontro, tendo sido forçado a sair com suspeitas de concussão.

 

Bicampeão mundial júnior do comprimento e da estafeta dos 4x100 metros (Polónia-2008), Marquise Goodwin terá mais uma história para contar. Se se conseguir lembrar dela.

 

Se não, há sempre o vídeo no YouTube

RPS