Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

É Desporto

Lew Alcindor. O pragmatismo de quem queria ser Kareem Abdul-Jabbar

alcindor1.png

A carreira universitária em UCLA foi demolidora. Venceu três títulos consecutivos, bateu recordes e até obrigou a NCAA a banir o afundanço. Mas fora do campo não conseguia entender a ignorância dos jovens de Los Angeles e sentia-se deslocado. Voltar a Nova Iorque era sempre uma lufada de ar fresco e por momentos chegou a pensar em abandonar UCLA para se transferir para Michigan. 

Bo Kimble. A homenagem mais comovente da March Madness

kimble.jpg

Melhor amigo Hank Gathers morreu durante um jogo umas semanas antes do torneio universitário de 1990. Nesse momento, o colega de longa data decidiu fazer-lhe uma homenagem durante a prova: no primeiro lance livre de cada jogo, ia tentar encestar o primeiro lançamento com a mão esquerda. Nunca falhou. 

Jordan vs. Ewing. Quando o intimidador virou intimidado

mjpewing.jpg

Era o maior confronto da final de 1982. Patrick Ewing tinha ordem para afetar todos os lançamentos de Michael Jordan e companhia e começou o jogo com quatro goaltendings. O melhor jogador da história não se deixou afetar e deu a vitória aos North Carolina Tar Heels sobre os Georgetown Hoyas a 15 segundos do fim (63-62). 

Don Haskins. O treinador que deixou a segregação racial no cesto em 1966

texas western.jpg

Western Texas Miners venceram o título de uma forma histórica: foram a primeira equipa a escolher um cinco inicial exclusivamente composto por jogadores afro-americanos. Numa era em que a segregação racial dominava os Estados Unidos, a iniciativa mereceu aplausos e ajudou a derrubar obstáculos, sobretudo no sul do país. 

Magic vs. Bird. O início de um novo mundo em 1979

magicbird.jpg

A final entre Michigan State Spartans e Indiana State Sycamores foi um dos maiores pontos de viragem no desporto norte-americano. O jogo nem foi grande coisa mas o duelo entre Magic Johnson e Larry Bird gerou uma enorme expectativa e lançou as bases para a expansão do basquetebol universitário e para o renascimento da NBA. 

O lançamento de Christian Laettner em 1992

duke1.jpg

É considerado por muitos o melhor jogo na história do basquetebol universitário. De um lado estava Duke, o campeão em título e super favorito; do outro, Kentucky, uma equipa que estava a regressar ao torneio depois de bater no fundo e com um grupo de jogadores locais. Esperava-se um resultado desnivelado mas foi preciso esperar pela última jogada do prolongamento. Aí, Laettner fez a diferença. 

Diane Crump. A mulher que se recusou a voltar para a cozinha

diane.jpg

mudança para a Florida lançou as sementes de uma paixão pelo mundo dos cavalos. Com 18 anos fez história e, apesar da muita resistência, tornou-se a primeira mulher a participar numa corrida. Disseram-lhe para voltar para a cozinha mas não lhes fez caso. «Gosto de pensar que fui uma pequena pegada no caminho para a igualdade.» 

O ex-futebolista que venceu o Óscar de melhor argumento adaptado em 1960

neil.jpg

Chamava-se Neil Paterson e tinha sido uma das figuras do Dundee United durante a década de 30. Nunca quis ser profissional mas isso não o impediu de capitanear a equipa escocesa. Depois veio a guerra, a carreira como jornalista e… o Óscar de melhor argumento adaptado por Room at the Top. Ben-Hur tinha tido 12 nomeações… e só não ganhou este.