Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

É Desporto

Vonetta Flowers. A velocista que fez história no bobsleigh

vonetta.jpg

Nasceu no Alabama em 1973 e deu nas vistas no atletismo, competindo em provas de velocidade e no salto em comprimento. Mas o sucesso olímpico só aconteceu quando mudou a agulha para o bobsleigh e se tornou, em 2002, a primeira afro-americana a vencer uma medalha de ouro nos Jogos de Inverno. 

Lamine Guèye. Criar uma federação sozinho para cumprir um sonho

gueye.jpg

Tinha o sonho de ver neve quando foi viver para a Suíça e, mais tarde, descobriu o esqui. Senegalês, não descansou enquanto não criou uma federação, mentindo um pouco pelo caminho, que lhe permitisse chegar aos Jogos Olímpicos. A mãe achou que estava doido mas Lamine não desistiu e chegou a Sarajevo-1984 ensanduichado por americanos e soviéticos. 

Jim Shea. A tragédia impediu um ciclo perfeito

seha1.png

Jack, Jim pai e Jim filho. Num espaço de 70 anos, os três elementos da família Shea foram aos Jogos de Inverno e conquistaram um total de três títulos. Infelizmente, o avô morreu menos de um mês antes de poder ver o neto receber uma medalha de ouro. 

Pita Taufatofua. Do karaté no Rio ao cross country em PyeongChang

pta.jpg

Nunca tinha esquiado quando decidiu ir aos Jogos Olímpicos de Inverno há pouco mais de um ano, mas isso não o impediu de se lançar numa aventura rumo à Coreia do Sul. O tonganês será o primeiro atleta na história a conjugar as duas modalidades olímpicas.  

Pág. 1/3