Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

É Desporto

Allie Kiick. Uma história de superação que não pode ser partilhada com o pai

kick.jpg

Norte-americana resistiu a quatro operações no joelho, a uma mononucleose agressiva e a um cancro da pele que a afastaram dos courts durante dois anos. Regressou e passou imaculada na qualificação do US Open, garantindo uma presença inédita num grand slam. Hoje vai disputar a primeira ronda mas já sabe que não vai poder contar com o apoio nem o orgulho do pai, um ex-jogador da NFL que sofre de demência. 

Mark Chapman. O jogador que foi preso por fazer uma falta

chapman1.png

A liga era amadora e o britânico do Long Lawford estava farto de ouvir as queixas dos colegas de equipa. O jogo estava quase a acabar mas só terminou depois de Chapman (à direita) partir a perna de Terry Johnson (à esquerda) em dois sítios diferentes. O juiz condenou-o a seis meses de prisão. 

Conor McGregor. Um peixe fora de água

mcgregor.jpg

Ricardinho é o melhor jogador do mundo do futsal e chegou a ter tudo acordado para treinar com a equipa principal de futebol do Benfica. Madjer é o melhor jogador do mundo de futebol de praia mas foi rejeitado pelo V. Guimarães em 2001. McGregor não estará apenas fora do seu ambiente no combate contra Mayweather: estará a defrontar o tubarão mais temível de um aquário muito diferente. 

Mayweather Jr. O boxe já lhe corria nas veias quando nasceu

mayweather.jpg

Mayweather está para o pugilismo como Maldini está para o futebol ou Manning para a NFL. O júnior da família chegou mais alto mas contou com os contributos intermitentes do pai e dos tios, também eles dedicados a esta paixão. O confronto com McGregor não será apenas mais um: tudo aponta para a 50.ª vitória e com um mínimo de 100 milhões de dólares no bolso. Um circo, sim, mas um muito bem pago. 

Serafim Todorov. O último homem a derrotar Mayweather Jr.

todorov1.jpg

Conor McGregor vai tentar o que ninguém conseguiu desde que Floyd Mayweather Jr. se tornou pugilista profissional. Mas antes, nos Jogos Olímpicos de Atlanta, houve um búlgaro que aproveitou uma decisão polémica para derrotar o norte-americano. Foi o último grande momento da sua vida.

Albert Gudmundsson. O Arsenal, o Milan e… o ministério das Finanças

gudmindsson.jpg

Islandês foi o primeiro futebolista profissional a sair da ilha e a jogar nos principais campeonatos europeus, ainda na década de 40. Quando regressou, enveredou por uma carreira política, foi ministro das Finanças, da Indústria e candidatou-se à presidência. O legado é impressionante: o filho, a neta e o bisneto também chegaram à seleção. 

Salwa Eid Naser. A emancipação dos costumes muçulmanos chegou com 18 anos

elnaser.jpg

Sagrar-se campeã mundial júnior a correr de hijab e a cumprir o Ramadão fez dela um exemplo para todas as mulheres muçulmanas que quisessem fazer atletismo. Mas quando chegou à idade adulta decidiu deixar os hábitos para trás… Os resultados continuam a aparecer: é vice-campeã do mundo nos 400 metros e este fim-de-semana venceu na etapa da Diamond League em Birmingham. 

Pág. 1/3